Exercício aeróbico x exercício anaeróbico

segunda-feira, 4 de maio de 2020 09:18:00 America/Sao_Paulo

Talvez você já tenha ouvido falar, mas sabe qual é a real diferença entre exercício aeróbico e exercício anaeróbico?

Cada tipo de exercício tem diferentes finalidades, então para realização deles é preciso considerar quais são os objetivos, abaixo destacamos alguns exemplos:

  • Perda de peso;
  • Ganho de massa muscular;
  • Mais tônus muscular;
  • Sair do sedentarismo;
  • Condicionamento físico;
  • Participação em competições;
  • Ganho de resistência.

Quando alguém vai fazer a escolha, é de suma importância compreender que exercício aeróbico e anaeróbico tem diferentes funções e trará igualmente resultados distintos no corpo.

O que é exercício aeróbico?

A base central dos aeróbicos é a oxigenação.

O musculo que está em plena atividades precisa de energia, e é o oxigênio que será responsável por lidar com todos os substratos que vão fornecer essa força para realização dos exercícios.

A função principal é manter um ritmo contínuo, entre leve e moderado, e estimular o metabolismo e o sistema cardiorrespiratório.

Para este tipo, é mais importante manter “o tempo” do que aumentar a velocidade.

Em outras palavras, realizar o treino até o final, trará mais benefícios do que o fazer além da sua capacidade física e parar no meio da atividade por falta de condicionamento.

Exemplos de exercício aeróbico:

  • Pedalar;
  • Caminhar;
  • Corridas leves;
  • Hidroginástica;
  • Natação;
  • Dançar.

Essas atividades, trabalham diversos grupos musculares ao mesmo tempo e com isso, eles usam o oxigênio para que eles tenham energia para a atividade contínua.

O que é exercício anaeróbico?

Nesta modalidade acontece totalmente o inverso.

O oxigênio não é a fonte energia para a realização das atividades, e sim a glicose que é gerada á partir da ingestão de alimentos, como carboidratos por exemplo.

Tem alta intensidade em velocidade e em esforço, sendo de menor duração em tempo. Então, aqui o “tempo” não é importante e sim a velocidade e intensidade.

Exemplos de exercícios anaeróbicos:

  • Musculação;
  • Treinos de HIIT;
  • Pilates;
  • Triátlon;

Para esta opção, geralmente, o praticante visa aumento de massa muscular e um preparo melhor para competições, por exemplo.

É a opção mais adequada, para quem busca fins estéticos além de saúde, pois é possível trabalhar grupos musculares diferentes e com isso, modelar algum em específico.

Em ambos os casos, tanto no aeróbico quanto no anaeróbico, é sempre bacana usar suplementação para que o corpo esteja mais bem preparado e as atividades possam ser praticadas com a máxima excelência.

Esperamos que neste artigo você tenha compreendido as principais diferenças entres os tipos de treinos e para quais finalidades eles são indicados.

Em ambos os caso é possível emagrecer, mas somente com os anaeróbicos é possível desenvolver hipertrofia muscular.

Já com os aeróbicos a hipertrofia não se desenvolve e é mais indicado para perda de peso.

Se você gostou deste artigo e deseja saber mais sobre outros assuntos relacionados, nos siga também nas redes sociais.

Nós estamos no Facebook e no Instagram. 

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: